Departamento de Estudos Agrários - UNIJUÍ na Rede Leite - Contribuição nas ações interdisciplinares - 2017


  • 30 de ago

INSTITUIÇÃO COORDENADORA: UNIJUÍ

LÍDER: Angélica de Oliveira Henriques

FONTE FINANCIADORA: UNIJUÍ

PERÍODO DE EXECUÇÃO: 2 anos (início em janeiro de 2017)

RESUMO: O Departamento de Estudos Agrários (DEAg) da UNIJUÍ – Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul construiu ao longo de sua caminhada uma sólida experiência de Extensão universitária onde desenvolve ações metódicas e continuadas tendo como temática principal o desenvolvimento rural sustentável, compreendendo as dimensões ambiental, econômico e social. As ações de extensão são desenvolvidas de maneira integrada ao ensino e pesquisa que oportuniza a aplicação e o aprimoramento das teorias, conceitos, métodos e procedimentos empregados pelos docentes para promover o desenvolvimento de agricultores familiares ao mesmo tempo em que cria um ambiente de práticas profissionais extensionistas. Desde o ano de 2004 a UNIJUÍ integra a REDE LEITE, a qual se constitui em um programa de Pesquisa-Desenvolvimento em sistemas de produção com atividade leiteira na região Noroeste do RS. Para o período de 2017-2018 o DEAg está apresentando o presente projeto de extensão na modalidade Ações Comunitárias. Este terá como área de atuação a região Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul e tem como público alvo direto os agricultores familiares localizados na microrregional de Ijuí do Escritório Municipal da Emater-RS/Ascar, vinculados a Rede Leite. Este projeto tem como objetivo geral contribuir na formação acadêmica e formalizar a inserção dos docentes do DEAg na Rede Leite, visando continuar contribuindo com o fortalecimento da agricultura familiar. Em termos metodológicos parte-se da abordagem da Pesquisa-Desenvolvimento e especificamente centrada na abordagem sistêmica, princípio norteador das atividades desenvolvidas na rede. Espera-se com este projeto um fortalecimento das ações de extensão, visando contribuir na formação dos profissionais da área das Ciências Agrárias e ao mesmo tempo em que qualifica o trabalho já existente no programa Rede Leite.